13 de novembro de 2012

Nada do meu disco

E o tempo passa. E os afazeres se acomulam. E projetos vem e vão. E me vejo soterrado por tanta coisa pendente, tanto por fazer. Tantos para agradar. E acabo não fazendo nada meu. Não cuidando de mim. Não realizando meus sonhos...

Enquanto isso meu eterno projeto de gravar meu disco vai ficando pra traz.

E o tempo passa.
Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.