29 de outubro de 2007

Coisas de que tenho saudade

Adriano, em seu blog, lançou este meme para seus amigos... e cá venho eu dar minha humilde contribuição para enriquecer e registrar aquela época mágica que foi nossa adolescência:
  • comer romãs em Martinho Campos
  • brincar no rio de Medeiros Neto com Kiel
  • assistir o Incrível Hulk na TV preto e branco do vizinho em Ibirapuã
  • levar um ovo pra escola pra comer sonho na hora do recreio em Ibirapuã
  • ir buscar leite a pé na fazenda do Seu Leonel em Ibirapuã, passar pela casa de farinha e ficar vendo como se fazia
  • brincar no quintal da casa em Pedro Canário
  • ir ver meus avós em Pinheiros e passear na fazenda do vô Diolino
  • a comida de vó Jacinta
  • do pássaro preto de minha vó
  • do riacho da fazenda de meu avô
  • colecionar figurinhas do Zé Capixaba
  • meu amigo Domingos lá de Pedro Canário
  • filar aula no CEAMEV pra jogar bola na praia da Avenida Soares Lopes em Ilhéus
  • aulas de piano com Dona Balbina em Ilhéus
  • ir de Ilhéus a Olivença a pé pela praia
  • jogar arcade e pimball de ficha em Ilhéus
  • primeiro contato com um computador no stand da Cobra na Feira do Cacau de 1985 em Ilhéus
  • passar a tarde jogando Atari com os amigos
  • brigar com Miro Veloso no fundo da Igreja Batista Lindinópolis e deixar ele todo lapeado
  • brincar na construção do prédio ao lado da igreja e pular do segundo andar em cima de um monte de areia
  • assistir As Aventuras de Kaká, Tarzan, He-Man, Thundercats...
  • assistir com meu pai Star Wars IV, V e VI pela TV preto e branco lá de casa em Ilhéus
  • caçar calango com estilingue de elastico e balas de arame com Joel
  • ouvir Vento Livre a tarde toda na radiola National em Ilhéus
  • estudar no IERP na mesma sala que Cleyton, Marquinhos, Edilene, Rita, Vankleber, David e Lorena
  • Cleyton com um saco do Cardoso na cabeça fazendo a prova da professora Carminha
  • professora Carminha
  • professora Zelita
  • ir a Itapetinga ou a Vitória da Conquista ver meus avós paternos
  • dos doces de Vó Filinha
  • dos causos de pastor intinerante de meu avô Pacífico
  • a sorveteria de Tio Ezequiel
  • ler e colecionar gibis de forma... digamos... subversiva
  • da "redação" do jornalzinho O Adolescente
  • das viagens de férias em família na kombi da igreja
  • laboratório de fotografia amador no quintal
  • ensaios do grupo Alvorescer... e das brigas também... claro
  • aprender tocar violão
  • das gravações à tarde do Grupo Novas Criações na igreja
  • da turnê mundial do Novas Criações a Vitória da Conquista e a Cruz das Almas
  • passar a tarde toda digitando um programa em BASIC no TK90X e faltando 3 linhas ele resetar por causa da geladeira
  • Rir a tôa com os amigos
  • Descer a ladeira do viaduto numa única bicicleta sem freio... eu, Adriano, Cleyton e Jr. Boca
  • Assistir filme na casa de Romoaldo
  • assistir Luda devorando um Mistão sozinho em Waldir
  • assistir Luda devorando 1 pão de 1 quilo com 300 gramas de queijo, 300 gramas de presunto, 100 gramas de manteiga e 1 bule de 1 litro de café com leite...
  • assistir Luda devorar 2 Super GG e 1 litro de Coca-cola
  • lanchar na Biana com os amigos e depois colocar tudo na conta de Jr. Boca
  • os ensaios da Banda Reino na oficina de Gel
  • meu tecladinho Gianinni
  • meu violão Di Gioggio fino que foi cortado por Pê
  • do meu quarto na parte de baixo da minha casa
  • futucar os XTs da Digiprol de Welf e aprender programar pra PC
  • dos retiros malucos de carnaval que tinha até lobisomem
  • das Organizações Bago de Jaca (FM e TV)
  • entrar na igreja pelo vitrô pra tocar piano de madrugada
  • das tardes de feriado na piscina de Zé Biu com a galera
  • do Irmão Rosentino dizendo "Pastô falô que num pódi..."
  • das peças legais do Grupo URI
  • ganhar da Sião no Clube dos Bancários o Campeonato de Futsal no Cara ou Coroa
  • ir pra Linda Calçados quebrar as vitrines
  • do XT que peguei empresatado de Eduardo Camargo
  • curso de férias da Jocum em Camaragibe
  • passear de metrô em Recife
  • dormir na rede na Jocum de Camaragibe
  • do "dissilê dissilá dissilô" de Féu
  • assistir Galactica com meu pai
  • dos festivais Gospel Praise Festival I e II e SOS Ecologia
  • das ignorantadas de Luda
  • compor com Adriano no piano
  • do Conjubasul em Ubaitaba e dos dois em Jequié
  • dos ensaios do Novas Criações
  • da turma que filmou "O Sequestro de Abigail"
  • dos ensaios da peça da Semana Santa de Lelivaldo
  • "nóis os farizeus não sabes"
  • da galera da MR (Leal, Chupapéda, Nonato "Negão", David, Dayse, Skilo e Faiska)
  • meu primeiro PC 386 DX
  • dos sanduiches com salame da São José
  • sessões de gravação do disco de Cleyton no meu estúdio
  • da muqueca de camarão de Camamú
  • andar de barco de Camamú a Maraú
  • a vista do Pão de Açúcar
  • gravações das peças do URI na igreja ou no estúdio
  • cuidar de Giullia todo dia 5 da tarde na varanda
  • ensinar Windows 3.1 na Assiste
  • da galera da Agência 4
  • tocar "Canção de Pedro" pra Giullia cantar comigo
  • primeiros anos da TopWise

28 de outubro de 2007

Maravilhosa Cesária Évora



Adoro ouvir a Cesária Evora música desta lenda viva da música africana conhecida como a "diva dos pés descalços". Uma voz macia inconfundível que compõe e interpreta canções de seu pais natal, o Cabo Verde. Simplesmente lindo. Pode parecer muito mas isto não é chorinho mas parece tanto que eu diria que são irmãos separados na infância. O ritmo se chama "morna", e é um estilo muito tradicional nas ilhas de Cabo Verde. Também pode não parecer muito mas isto é em português... aí vai a letra:

Sodade

Quem mostra' bo
Ess caminho longe?
Quem mostra'bo
Ess caminho longe?

Ess caminho
Pa Sao Tomé

Sodade sodade
Sodade
Dess nha terra Sao Nicolau

Si bô 'screvê' me
'M ta 'screvê be
Si bô 'squecê me
'M ta 'squecê be

Até dia
Qui bô voltà

Sodade sodade
Sodade
Dess nha terra Sao Nicolau

Cesaria Evora


Dá uma saudade...

27 de outubro de 2007

Estratégias em um Novo Paradigma Globalizado

Percebemos, cada vez mais, que a consolidação das estruturas nos obriga à análise das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições. Todavia, a complexidade dos estudos efetuados estende o alcance e a importância das diversas correntes de pensamento. Por outro lado, a contínua expansão de nossa atividade exige a precisão e a definição do fluxo de informações. Gostaria de enfatizar que a expansão dos mercados mundiais afeta positivamente a correta previsão das condições financeiras e administrativas exigidas.

Pensando mais a longo prazo, o novo modelo estrutural aqui preconizado desafia a capacidade de equalização das regras de conduta normativas. A prática cotidiana prova que o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação garante a contribuição de um grupo importante na determinação das direções preferenciais no sentido do progresso. Caros amigos, o consenso sobre a necessidade de qualificação oferece uma interessante oportunidade para verificação do impacto na agilidade decisória. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual a determinação clara de objetivos possibilita uma melhor visão global do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades.

Do mesmo modo, o entendimento das metas propostas prepara-nos para enfrentar situações atípicas decorrentes dos índices pretendidos. O incentivo ao avanço tecnológico, assim como o comprometimento entre as equipes é uma das consequências das formas de ação. No mundo atual, a valorização de fatores subjetivos acarreta um processo de reformulação e modernização da gestão inovadora da qual fazemos parte.

A certificação de metodologias que nos auxiliam a lidar com a mobilidade dos capitais internacionais representa uma abertura para a melhoria das diretrizes de desenvolvimento para o futuro. Evidentemente, a necessidade de renovação processual ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança das condições inegavelmente apropriadas. O que temos que ter sempre em mente é que a hegemonia do ambiente político auxilia a preparação e a composição dos paradigmas corporativos.

Ainda assim, existem dúvidas a respeito de como a estrutura atual da organização faz parte de um processo de gerenciamento do investimento em reciclagem técnica. Assim mesmo, o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos maximiza as possibilidades por conta do processo de comunicação como um todo. A nível organizacional, a constante divulgação das informações não pode mais se dissociar do orçamento setorial. É claro que a execução dos pontos do programa apresenta tendências no sentido de aprovar a manutenção dos modos de operação convencionais.

20 de outubro de 2007

A Ira, a Vingança e os Advogados

Hoje tive que me segurar muito pra não cometer uma besteira enorme. Por algumas horas senti ódio, ira, raiva... me fez pensar em cometer um monte de besteiras terríveis. Me fez querer voltar a ser o velho homem... foi por muito muito pouco! Consegui me livrar da ira... mas da vingança acho que nunca vou conseguir me livrar... até saborear este prato que se deve comer frio mas que todos dizem ter um sabor delicioso... mas não se preocupem que a vingança eu deixarei por conta do advogados...
Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.