23 de fevereiro de 2006

Sempre Chico Buarque

Que coisa linda... é do Chico! O que mais dizer?!

Sempre
Eu te completava sempre
Te mirei de mil mirantes
Mesmo em sonho estive atento
Pra poder lembrar-te sempre
Como olhando o firmamento
E as estrelas cintilantes
Que se foram para sempre
No teu corpo em movimento
Os teus lábios em flagrante
O teu riso, o teu silêncio
Serão meus ainda e sempre
Dura a vida alguns instantes
Porém mais do que o bastante
Quando em cada instante é
sempre.

A mais nova canção de Chico Buarque. Tema do filme "O maior amor do mundo" de Cacá Diegues.

21 de fevereiro de 2006

Porque "Tempus fugit. Carpe diem."? (O Tempo 5)

Pra quem não acompanhou, coloquei uma poesia aqui - que é o título deste blog - e que foi inspirada num livro do Rúbem Alves que lí ano passado. Segue um trecho:
[...]
Só não consigo entender o tempo
Que congela em nós as memórias
Com mesma rapidez que envelhece
Tão desapercebidamente
Que ainda nos sentimos jovens
[...]

Eis aqui a mesma coisa dita por Gregório de Matos Guerra:
Discreta, e formosíssima Maria,
Enquanto estamos vendo a qualquer hora
Em tuas faces a rosada Aurora,
Em teus olhos, e boca o Sol, e o dia:
[...]
Goza, goza da flor da mocidade,
Que o tempo trota a toda ligeireza,
E imprime em toda a flor sua pisada.

Ou por Manuel Bandeira:
Foi para vós que ontem colhí, senhora,
Este ramo de flores que ora envio.
Não no houvesse colhido e o vento e o frio
Tê-las-iam crestado antes da aurora.

Meditai nesse exemplo, que se agora
Não sei mais do que o vosso outro macio
Rosto nem boca de melhor feitio,
A tudo a idade afeita sem demora.

Entenderam? Então...
[...]
Quero conseguir ser como criança
Por dentro
Sempre

17 de fevereiro de 2006

Homenagem

Hoje estava trabalhando num ajuste no sistema de comentários do site do Jorge e entre um ou outro apertar da tecla F5 eu vejo que o post mudou. Ele colocou um post no blog dele pra me agradecer. Devo confessar que me assustei um pouco com aquilo mas gostei da homenagem. Obrigado mais uma vez ao Jorge pelo carinho!

16 de fevereiro de 2006

Este sou eu!

Bom pessoal! Este aí sou eu.

O Edú, um grande desenhista aqui da minha cidade, foi quem fez esta pra mim. Ele está envolvido agora num projeto legal que é o de criar uma revista em quadrinhos mensal somente com personagens próprios. Vai nessa mano! Você é bom!

Quanto a esta caricatura. Confesso que não gostei muito. Achei que ele acentuou um pouco demais minha bochechas. Parece até que eu acabei de sair de uma sangrenta luta de boxe.

Mas... respeito a arte... e somente por isto é que eu resolvi publica-la aqui no blog. Quem quiser ver mais charges e caricaturas dele pode visitar o site do BBC - que não por acaso também é minha cliente - e conferir

Não vale rir de mim.

Valeu Edú! Obrigado pelo carinho! E pela carinha também! Se eu soubesse desenhar tú ia ver uma coisa...

13 de fevereiro de 2006

Finalmente uma música...

Dia 27 de janeiro eu estava em Ilhéus, num cybercafé, ia postar algo aqui mas não tinha idéia do quê. De repente saiu uma poesia de uma vez.

Sou péssimo pra decorar textos (e nem tentei) mas a tal poesia não me saiu da cabeça o dia todo. A tarde - já em Serra Grande - andando na praia, me veio a melodia também de uma vez e sem violão ou piano. Mas achava que não me lembraria a tempo de gravar.

Sou péssimo pra decorar melodias que crio - devia ter um gravador sempre à mão - mas, hoje, olhando a poesia novamente, notei que ainda lembrava da canção que tinha feito na praia. Peguei o violão e "aprendi a tocar" esta canção.

Esta é minha primeira composição desde que Giullia - minha filha - nasceu. Já estava ficando preocupado com isso. Estou muito feliz. Espero que venham outras por aí.

A propósito... em maio minha filha faz 4 anos...

12 de fevereiro de 2006

jorgecamargo.com.br

Finalmente no Ar

Depois de alguns meses de muito trabalho e dedicação conseguimos colocar no ar o site do Jorge Camargo.

Decidimos usar a estratégia do Google, que é a de colocar já o que temos pronto pra irmos aprimorando porque quando já está no ar a responsabilidade é maior e os próprios usuários acabam ajudando a melhorar o que está lá e corrigir possíveis problemas.

Os serviços que já estão funcionais por enquanto são:
  • No Blog que é gerenciado pelo WordPress. O usuário pode deixar para cada post seu comentário. Em breve tentaremos modificar o visual do blog para se parecer e se fundir visualmente com site.

  • Nas páginas De Onde Vim (biografia), Onde Estou (discografia) e Pra Onde Vou (agenda de apresentações sempre atualizada), e que ficam no menu superior e Janela Aberta (futuros projetos) e Traduções (que traz informações sobre seu trabalho de tradutor) que ficam no menu lateral já estão funcionando.

  • Na página de artigos, que já está em fase de finalização, ficam textos grandes escritos por ele e por amigos ou transcrito de autores que ela acha relevante. Ainda não está finalizado mas já dá pra ler os artigos. Em breve terá menus de contexto, descrição das categorias, maiores informações dos autores e informações sobre publicação do artigo. Pretendo também possibilitar comentários a cada artigo.

  • Na página de comentários o site mantém um histórico dos últimos 50 comentários feitos pelos usuários a respeito do site e de seu conteúdo. Os últimos 3 comentários aparecem na página inicial do site.

  • Na sessão Próximos Eventos, ná página inicial é exibido os 5 últimos eventos que estão agendados. Destacando se o evento já ocorreu, está ocorrendo ou se está para acontecer.

  • Na sessão Artigos da página inicial sempre são exibidas chamadas para os mais recentes artigos entre 3 categorias sorteadas a cada visita.

  • A sessão No Blog, também na página inicial, recebe automaticamente o último post enviado e facilita ao usuário enviar rapidamente um comentário.

  • A sessão Podcast do Jorge terá no futuro um programa de rádio periódico gravado em casa pelo próprio Jorge. Para o lançamento colocamos a integra da entrevista concedida pelo Jorge Camargo ao Programa Sons do Coração do Nelson Bomilcar na Rádio Transmundial. Uma ótima entrevista.
Para a página inial, futuramente - mas a curto prazo - virão as sessões Últimas Notícias, Busca Rápida e Notícia Destaque. E teremos novas páginas com novos serviços: Podcasts, Links, Notícias e Fotos. Pra longo prazo o grande projeto é a Loja Virtual, que terá uma filosofia diferente das outras lojas, um projeto muito bacana.

O site foi desenvolvido por mim, com o design de Adriano Estevem, através da TopWise Software para o próprio Jorge Camargo e utilizei a dupla PHP/MySQL para criar os softwares de CMS que são utilizados por ele.

Este é o meu primeiro site que tento fazer seguindo os padrões XHTML/CSS que todos chamam por aí de tableless. É uma maneira nova e moderna de se escrever um site. Eu particularmente gostei muito e estou me especializando nisso.

Por enquanto é só. Na medida em que o site for evoluindo eu irei atualizando este post para documentar melhor este site.

Estou gostando muito de trabalhar neste projeto. Eu sou fã de carteirinha dele desde adolescente e agora me vejo fazendo seu site. É um prazer imenso.

Espero que curtam o site. Estamos fazendo pensando em você.

8 de fevereiro de 2006

Este Sorriso - Priscila Barreto

Em julho de 2005 eu estava em Itapetinga trabalhando na 82ª Convenção Batista Bahiana e fui dar uma passeada pelos stands. Aí o vendedor que já me conhecia de outros congressos me veio logo com um monte de CDs novos pra me mostrar. Entre eles estavam o de Priscila Barreto. Peguei os fones dele e só precisei ouvir umas poucas canções pra descobrir que se tratava de um trabalho muito bem feito.

Até então nunca tinha ouvido falar dela. Mas pelo seu site descobri que ela já participou do Oficina G3 bem no início. Se não me engano acho que lí em algum lugar que ela também já participou de uma equipe de VPC mas não tenho certeza e isto também não importa. O que importa é que ela tem uma linda voz e interpreta e toca piano muito bem e com muita maturidade.

A música que mais gostei foi a "Fim de Tarde" que - luxuosamente - tem dois arranjos no disco pra quem quiser escolher. Eu gostei ainda mais do segundo que tem uma percussão com uma levada muito legal. A música fala do Filho Pródigo, um tema que dá tanto "pano pra manga" que o Gerson Borges acabou de lançar um disco com um musical inteiro só falando deste assunto. Inclusive acho que esta música se encaixaria perfeitamente naquele musical.

Foi tão bom descobrir o belo trabalho de produção e arranjo do Emílio Mendonça que também arranjou o CD do Roberto Diamanso. Graças a isto o disco ficou uma obra de arte. Muito gostoso de ouvir. Adorei aquele Bandoleon que transformou em tango o final da música "Fonte", ficou muito legal os efeitos sonoros que imitam passos de alguém chegando pra acender um lampião na música "Prontos para Adoração"... muita coisa ali foi sampler mas fico tentando imaginar como gravaram aquele lampião! Ficou perfeito! E a música "Jesus" então? Que colagem perfeita que transições entre os diferentes estilos de música pelo mundo... o "arabesco" ficou perfeito. Muito legal os contrapontos fora de rítmo da igreja cantando! Tudo isso deu um formato todo especial a este trabalho. Ficou muito bom mesmo! Parabéns a todos!

A Priscila neste trabalho interpreta magníficas de canções de vários compositores brasileiros que como ela mesma diz, "falam ao coração sempre valorizando a letra inteligente e a melodia rica": Adhemar de Campos, Cleber Ferraz, Maria Aquino, Stênio Marcius, Atilano Muradas, Alex Ferrero, Sérgio Pimenta, Jorge Rehder, Nelson Bomilcar e Marcos Vidal. Além do Phillip J. Mchugh e dos clássicos Henry M. Wright e William H. Monk. Com isso ela formou um repertório muito interessante e variado.

Entre os músicos que participaram deste trabalho mereceu minha atenção o piano e aquele maravilhoso bandoleon do Emílio Mendonça; o maravilhoso violão (e a viola) do Silvestre Kuhlmann; a volta da espetacular Ester Tsunashima (foi uma bela surpresa rever algo gravado por ela depois de tanto tempo sumida... pelo menos pra mim); o baixo elétrico de Bira (será aquele do Programa do Jô?); e o baixo (era fretless?) do Júlio de Castro na música "Este Sorriso" também é de se admirar. Ná música "Jesus" destaco também o alaúde de Sami Bordokan, o qanoun de Cláudio Queiroz e o derbaki, o daf e o ketem de William Bordokan.

As faixas do disco:
  1. Amigo de Deus (Adhemar de Campos e Cleber Ferraz)
  2. Aleluia (Mara Aquino)
  3. Fim de Tarde (Stênio Marcius)
  4. Candeia (Atilano Muradas)
  5. Rio (Alex Ferrero)
  6. Deus Somente Deus ("God and God Alone" - Phillip J. Mchugh)
  7. Este Sorriso (Stênio Marcius)
  8. Fonte (Sérgio Pimenta)
  9. Antífona (Henry M. Wright e William H. Monk - Hino nº 1 do Cantor Cristão)
  10. Prontos Para Adoração (Jorge Rehder e Nelson Bomilcar)
  11. Busca (Marcos Vidal)
  12. Jesus (Autor desconhecido)
  13. Fim de Tarde (Stênio Marcius - outro arranjo)
Para adquirir este CD da Priscila Barreto entre no site da loja do VPC. O CD tem uma capa linda com tons de rosa que faz com que o CD pareça um cartão e um encarte muito bem produzido.

Poesia

Gastei uma hora pensando em um verso
que a pena não quer escrever.
No entanto ele está cá dentro
inquieto, vivo.
Ele está cá dentro
e não quer sair.
Mas a poesia deste momento
inunda minha vida inteira.

Carlos Drummond
Mais uma que me foi enviada pela Iêda... o Drummond é muito bom! Valeu!

7 de fevereiro de 2006

Motivo

Motivo

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.
Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.
Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.
Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
E mais nada.

Cecília Meireles

Iêda me mandou ontem pelo Orkut esta poesia da Cecília... que coisa maravilhosa... parece música... dá pra sentir que tem uma melodia aqui... ou será que estou viajando demais?

Iêda... brigadão tá?

6 de fevereiro de 2006

Tão duro te levar...

Queria tanto estar
Todos os dias junto
Te vendo crescer
Aprendendo contigo
Tão duro te levar
Te ver chorar
Por querer ficar
Espero ainda poder
Te ver feliz
Espero um dia
Estar feliz
Contigo
Sinto saudades
O tempo todo
Tua falta me deixa
Tão pequeno
Tua presença me alegra
O coração

Para Giullia...

Joe Edman
25/12/2005 01:25

5 de fevereiro de 2006

Fibras

Quando se é provado
A ponto da visão se turvar
E a ira vem
O que dizer?

Os instintos primitivos
Tentando impelir ao óbvio
As fibras de seu corpo
O que fazer?

Agir e arrepender?
Não agir e arrepender?

Ser humilhado e não fazer nada
Difícil controlar
É aguentar ou reagir
O que pensar?

Não sei se aguento muito
Limites da minha humanidade
Estou me enchendo
O que pedir?

Deixar a justiça pra Deus?
Ou fazê-la com as mãos!

Me sinto impotente
Insignificante
Cansado


Já não quero...

Joe Edman
26/12/2005 01:23

3 de fevereiro de 2006

Finalmente em casa...

Depois de um mês de janeiro meio maluco e muito pouco convencional em que misturei férias com trabalho e muitas viagens chego de volta a minha casa pra recomeçar a vida... mas ainda não acabou... o ano só começa depois do carnaval né?

Já coloquei algumas novas fotos lá no meu Flickr, só algumas porque minha cota pra este mês já acabou. Que pena...
Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.