29 de maio de 2007

Feliz

Sabe, Pai: Conheces tudo que se passa em mim...
Tú sabes do medo e a dor
Que vem, invade e me faz chorar... me faz chorar...

Sabe, Pai: Tenho aprendido muito sobre tí...
Pois é tão grande o amor
Que vem, invade e me faz sorrir... me faz sorrir...

Pois sei que nada vai me separar
Ninguem pode afastar
Nem o medo nem a morte nem a dor pode impedir
Pois Te amar é minha sorte
Pois só Tú me fazes feliz.

Adriano Estevam e Joe Edman
8 de junho de 1992
Esta é a letra de uma canção que compus com Adriano há 15 anos... os sentimentos são parecidos com o "que se passa em mim" hoje... esse mixto de momentos tristes e alegres, de medo e angústia, de impotência diante de tantas coisas que nos sobrevém...

É o momento de me agarrar ao Pai, cuja Graça consegue fazer com que não tema a morte nem a dor. E enfrente estes momentos como das outras vezes...

28 de maio de 2007

O Que Me Faz Viver

O que me faz viver
É tão intenso
Que até me perco
Se explicar
O que me faz viver
É tão profundo
Mais me vê no mundo
No singular

O que me faz viver
Vai além da lógica
É maior do que
A amplitude cósmica
Do que o meu pensar

O que me faz viver
Eu sei,
É isto
De Jesus o Cristo,
O amar

Sérgio Pimenta

27 de maio de 2007

Fome

Um Homem estava sentado sozinho, assolado pela tristeza, quando todos os animais chegaram perto dele e disseram:
- Não gostamos de vê-lo tão triste. Nos peça o que quiser e você o terá.
O Homem disse:
- Quero ter uma ótima visão.
O Falcão respondeu:
- Você terá a minha.
E o Homem disse:
- Quero ser forte.
O Jaguar disse:
- Você será forte como eu.
Então o Homem disse:
- Há muito tempo quero saber os segredos da terra.
A Serpente respondeu:
- Eu os mostrarei a você.
E assim foi com todos os animais. E quando o Homem recebeu todos os dons que eles podiam dar ele foi embora.
Então a Coruja disse para os outros animais:
- Agora que o Homem sabe muito e pode fazer muitas coisas... de repente eu fiquei com medo.
O Cervo disse:
- Porque? O Homem tem tudo que precisa. Agora sua tristeza findará.
Mas a Coruja respondeu:
- Não. Eu vi um vazio no Homem, profundo como a fome, que ele nunca saciará. É isso que o deixa triste e o que o faz querer sempre mais. E ele continuará tomando e tomando... até o dia em que o Mundo lhe dirá: "Eu não existo mais e não me sobrou mais nada para te dar."

Antiga Parábola Indígena Maia

22 de maio de 2007

Adeus Tio Zinho


Há 10 dias ele estava sentado aqui do meu lado e juntos estávamos criando o blog dele. Ele queria postar por lá diariamente suas reflexões. Chegamos a colocar dois posts que ele já tinha em sua pendrive. Ele vinha projetando isto comigo via MSN durante várias madrugadas em que ficávamos batendo papo. Estava só esperando uma oportunidade de passar por aqui pra que eu o treinasse nessa arte de blogar. Levei ele na rodoviária e ficamos quase uma hora por lá conversando... o ônibus tava demorando... me despedi dele com um abraço bem forte. E ele se foi...

2 de maio de 2007

5 anos


Em 2002 passei a me sentir pai e pude - ao longo deste tempo - entender na pele este sentimento. Na minha opinião a paternidade/maternidade é um sentimento próximo ao amor, porém bem maior, mais forte e intenso.

Acho que isso explica a forma como reajo a ela desde então. Ela tem crescido. Está cada vez maior, mais forte e inteligente. Dou graças a Deus por participar ativamente e estar perto e presente nestes 5 anos de sua vida. E peço a Ele que me dê vida pra continuar participando. E como eu quero ver ela grande... só que não estou com pressa! Quero curtir cada fase! Cada momento!

Aprendo muito com ela! Ela é forte! Muito mais do que eu! Isso é maravilhoso!


Giullia: Desejo do fundo do meu coração que teus próximos anos sejam tão intensos quanto tem sido estes últimos. E que - daqui a alguns anos - quando ler isto, que compreenda o quanto eu sempre te "serei pai".

1 de maio de 2007

Azul e Amores

É maio.
Nada é mais importante que o puro azul de seus dias.
Quem lavou os dias
dos dias de maio?
Qual laboratório revelou a pura
cor do tempo?

Ana Cecília de Sousa Bastos
Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.