30 de maio de 2008

O Tempo 22

Os paradoxos entre a técnica e a realidade são flagrantes e indestrutíveis. Continuamos novos nas fotos antigas e velhos nas fotos novas.

Seu Milton
Ouvi no Podcast Impressões Digitais #27

29 de maio de 2008

Vanguart (O Tempo 21)



Vanguart
Mallu Magalhães

Composição: Mallu Magalhães

Ah, se eu fizesse tudo que eu sonho.
Se eu não fosse assim tão tristonho
Não seria assim tão normal

Ah, se eu fizesse o que eu sempre quis,
Se eu fosse um pouco mais feliz
Levantasse o meu astral

7 dias vão e eu nem fui ver
7 dias tão fáceis de se envolver

Ah, se eu tivesse fotografado
Se eu tivesse integrado
Num mundo sobrenatural

Ah, eu seguiria o realejo
Desenharia o que eu vejo
No meu cereal

30 dias do mês que ficou pra trás
E eu sou só mais um desses meros tão mortais

Ah, se eu fizesse alguma diferença
Se eu curasse uma doença
Com uma força genial

Ah, eu cantaria pra fazer sorriso
Eu perderia o meu juízo
Só pra ser especial

7 dias vão e eu nem fui ver
São 7 dias tão fáceis de se envolver

30 dias do mês que ficou pra trás
E eu sou só mais um desses meros tão mortais

Ah, se eu fizesse tudo que eu sonho.
Se eu não fosse assim tão tristonho
Não seria assim tão normal

Ah, se eu fizesse o que eu sempre quis,
Se eu fosse um pouco mais feliz
Se eu levantasse o meu astral

28 de maio de 2008

Banda de Boca e Orquestra



Esta é a Banda de Boca na final do Prêmio Visa em 2002 com a Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo. Pessoal esse grupo é demais! E com uma Orquestra tocando junto então ficou mais lindo ainda. Perfeito! Não é a toa que foram um dos vencedores deste prêmio Visa em 2002.

Não é por que a Poliana (que arrebenta solando) e o Hiran (que dança com ela lá pro final do vídeo) são meus primos não. Parabéns pessoal! Joguem duro! Quero ver vocês estourando!

O nosso Brasil véi precisa mais de música de verdade. E menos Calypso, menos Aviões do Forró, menos Mastruz com Leite, e bandas afins... e mais Banda de Boca, mais Crombie, mais Cris Delanno, mais Egberto Gismonti, mais David Duarte, mais Roberto Diamanso, e por aí vai...

27 de maio de 2008

Prefiro Distampina

Estive ontem (26/05/2008) pela primeira vez em Itagibá, cidade que fica pertinho de Ipiaú que fica bem perto de minha cidade (70 Km - uma hora de carro mais ou menos). Nem ví muito a cidade, chegamos e fomos direto para a Prefeitura de lá a trabalho. Quando saí, rapidamente fui na praça e tirei esta foto da igreja católica de lá antes de ir embora. E estou postando aqui só pra deixar registrado mesmo.




Descobri nesta viagem que Itagibá está fazendo 50 anos de emancipação neste ano, que Itagibá era para ser com J - Itajibá e não Itagibá - e acabou ficando com G porque na hora de registrar, erraram. Já tinha visto isso acontecer com gente. Não com cidade. Soube também que a população de lá é de pouco mais de 15 mil habitantes. Quando ainda era vila se chamava Distampina e foi distrito de Boa Nova, depois de Itacaré, depois de Ubaitaba e novamente de Boa Nova... nunca tinha visto uma cidade mudar de cidade-mãe assim. Enquanto Estampina, Itagibá era uma vila pacata e habitada por cangaceiros - que só se foram com o fim do cangaço em 1930. Quer saber mais? Vá na página de Itagibá na Wikipédia.

O que me faz pensar. Quantas cidades - pequenas ou grandes - temos circundando nossas cidades e nunca perdemos um tempinho para ir conhecê-las. Poucas pessoas visitam as cidades vizinhas. E as que o fazem descobrem coisas, pessoas, aumentam suas conexões, fazem negócios, geram riqueza e fazem o dinheiro circular. Isso é muito bom. Não é bom ter preconceitos para com estas pequenas cidades. Lá pode estar guardado algo que irá contribuir com o teu futuro que você nem imagina. Ou não... quem sabe?

Natureza Inteligente

Há 15 bilhões de anos atrás... ocorreu uma explosão; Partículas começaram a se separar e depois de um tempo elas começaram a se juntar. Formam-se inúmeras estrelas, a temperatura começa a baixar e o material começa a se condensar. Surge uma fonte específica luminosa e quente, surgem elementos químicos simples. Elementos simples (?) começam a se tornar complexos, as moléculas recebem energia através de chuvas, relâmpagos, meteoros... coisas inanimadas conseguem a capacidade de se reproduzir. Essas coisas mudam aleatoriamente e se diversificam. Parte dessa diversidade adquire inteligência e conclui que tudo isso foi sem querer...

Marcos David - biólogo

26 de maio de 2008

Jefferson Perez



Eu tive a sorte de assistir este discurso ao vivo pela TV Senado. Na época deste discurso eu assistia muito a TV Senado, e este discurso do Senador Jefferson Perez me marcou muito, me emocionou e me deixou embargado.

Nunca ouvi tanta sinceridade, tanta sobriedade, tanta dor, tanto desgosto... já admirava muito o Senador Perez e o Senador Pedro Simon. Estes dois eram o que restava de íntegro lá. Agora só resta o Senador Simon. É uma pena! Tenho medo do que virá... como diz o Senador.

Temos só que agradecer a este herói brasileiro que - juntamente com o Senador Simon - por serem honestos eram/são deixados de lado nas comissões, solenemente ignorados, pois eram/são o que resta da consciência moral e ética na política deste país.



Já disse outras vezes e repito aqui que para acabar com aquela palhaçada lá em Brasília os cidadãos brasileiros honestos devem parar de ter medo de política e entrarem na disputa. Aquilo lá só está cheio de podridão porque quem é honesto neste país - infelizmente - também é proporcionalmente covarde. Já os desonestos e ladrões não, não tem medo de dar a cara pra bater, tão lá corajosamente correndo o risco de irem presos com a mão na massa roubando... mas não estão nem aí... É o único atributo dos corruptos que os honestos deveriam invejar! A coragem!

Ouvindo bem o que ele diz dá fácilmente pra entender que o Senador Jefferson Perez morreu se foi por desgosto! Espero que quem o substitua o faça com a mesma dignidade!

16 de maio de 2008

Site Novo

Pessoal eu tô de site novo em www.joeedman.com.br! Mas este aqui continua! Meus planos anteriormente eram de passar todo o conteúdo deste blog para este novo site, mas eu achei melhor deixar este aqui quietinho - porque ele vai bem obrigado - e criar um outro espaço um pouco mais ligado a fotografia do que a textos. Um galeria onde coloco as minhas melhores fotos com pequenos comentários. Cada página é um tributo a uma fotografia onde até as cores do site mudam para combinar com a foto em questão.




Nem sei bem explicar... só sei que tá ficando lindo. Meu novo xodó! Já publiquei algumas fotos lá e durante os próximos dias quero publicar outras tantas que já estão aqui prontas. Ainda estou fazendo uns ajustes mas em breve tudo estará perfeito. Visitem e comentem, digam o que acharam! É isso! Espero que gostem!

11 de maio de 2008

O dia do julgamento!



Brennan Manning, autor consagrado pela obra "O Evangelho Maltrapilho" fala sobre a importância de entendermos como Deus nos ama. Perca 4 minutos pra assistir isso... é impressionante... e inspirador!

2 de maio de 2008

6 anos



Ela fez 6 anos hoje e fizemos uma baita festa pra ela. Na escola junto com os coleguinhas como ela queria. Foi lindo. Eu cantei pra ela a música que compus pra ela quando ela nasceu e ela chorou e me abraçou. Claro que chorei também! Foi muito emocionante. Depois foi como em todas as festas. Cantamos parabéns cortamos o bolo, ela abriu os presentes e tudo foi muito legal.



Neste ano muitas mudanças vão acontecer. Já há - inclusive da parte dela - a expectativa da troca de dentes que ela não para de falar. E... GENTEEEE!!! ELA JÁ LÊ!!!!! É incrível!!! Daqui a pouco tempo já vai ter blog!!! Eu sei eu sei! Eu sou um pai babão! Vamos lá né?! Acompanhando o crescimento desta florzinha que eu amo muito!
Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.