31 de janeiro de 2005

Como ser feliz?

Nas cidades as pessoas enlouquecem sem saber porque.
De casa em casa, de rua em rua, bar em bar
Todos se perguntam: Por que viver?
Para que sorrir?Como ser feliz?

Nas cidades as pessoas se esquecem que a resposta pro viver
Não é viajar por aí, tomar um trago aqui ou alí.
A solução pras cidades, a solução pro Brasil
É dar um passo na luz, deixar a maldade e o frio que seduz...
A solução pras cidades, a solução pro Brasil
É dar um passo na luz, a solução pro Brasil é Jesus!


Adriano Estevam e Joe Edman

28 de janeiro de 2005

Acreditar

Ver o sol se por no mar
E após, no céu, surgir o luar;
E crer, pensar...

Acreditar num Ser Maior é fácil,
Difícil é ver suor correr, e o sangue verter,
E a noite se por, e não ver o amor brotar.

Mas depois é bom saber que a cada amanhecer
O amor vai brotar e o Senhor comigo vai estar.
Vou sentir Seu poder e poder sentir seus olhos,
Seu ser e a vida brotar em mim.


Adriano Estevam e Joe Edman

23 de janeiro de 2005

Cada Dia

Cada dia que se vai Teu amor é sempre mais,
A cada hora, a cada instante quero Te louvar.
Tão sublime é Teu amor, és Deus forte, meu Senhor.
Minha vida a cada dia quero te entregar.

Pois ao reinar, Senhor, dentro de um pecador,
Mostras o Teu amor visto em todo lugar.
Quero Te adorar, Te engrandecer, louvar.
A cada dia, enfim, ao Teu lado caminhar ...


Adriano Estevam

20 de janeiro de 2005

Corações Sedentos

Todos andam sem saber pra onde,
Todos olham sem saber o que,
Todos buscam ao inanimado,

Cristo chama e ninguém O vê...
Buscam os mortos, acreditam.

Procuram deuses, para que?
Cristo chama : "Ó vinde a Mim!"
Todos olham, ninguém O quer ver.


Quantas tristezas na vida! Quantas desilusões!
Quanta maldade inserida em tantos corações!
E os corações sedentos como o meu sertão,
Encontram paz e alento em Jesus, a Salvação.


Sonia Maria, Adriano Estevam e Joe Edman

15 de janeiro de 2005

Lembrar

É...
O dia já se vai
Sumindo mais além
E as águas dos moinhos

Nunca voltarão.

Vai...
E o pensamento vem
lembrar do que passou,
Do que ficou pra traz
E as marcas que deixou...

Lembrar que a luz do sol brilhou,
O dia sempre raiou
E as noites de escuridão
Não foram tão assim.
Lembrar que a angustiante dor
Hoje não é mais,
O medo nunca mais,
O escuro dissipou
E claro o dia já raiou.

Lembrar que o Salvador deixou
Promessa de voltar
E as nuvens no caminho
A aurora veio dissipar.
Saber que a fé não foi em vão,
A esperança é real
No brilho em Seu olhar,
Promessa de voltar
E o novo dia enfim raiar.


Adriano Estevam e Joe Edman

12 de janeiro de 2005

Cuidado e Proteção

Senhor, Tú estás presente em mim, eu sinto.
Posso perceber tua presença em meu ser,
Ajudando, confortando, cuidando, amando...

Eu sei que tú estás aqui agora,
Que Tú me ouves e também me atendes.
Tú me sondas e me conheces,
Tú me cercas de cuidado e proteção.


Daniela Moreira e Joe Edman

9 de janeiro de 2005

O que mais queria...

Como descrever o que eu sinto hoje?

Simplesmente não há como! Eu fiquei os últimos 7 anos morto e agora estou revivendo. Só sei descrever assim. Estou sentindo uma imensa alegria em estar vivo novamente. Me sinto homem, capaz de ser eu mesmo novamente, capaz de planejar meu futuro, de querer viver o presente intensamente sem preocupações com o passado ou com o futuro. De querer reconstruir minha carreira. Tenho ânimo, força e agora consegui o que mais queria, alguém que vai estar do meu lado pra compartilhar tudo isso. Agora sim posso dizer que estou rico.

Não sei se mereço este presente de Deus. Mas Ele me proporcionou tudo isto e tão rápido que eu nem tenho como agradecer. Se já estava feliz então agora não caibo em mim.

8 de janeiro de 2005

Mais que amigo

Saber como viver e amar mesmo a sofrer.
Querer estar contigo, ser muito mais que amigo.
Viver pra o Teu louvor, mostrar Teu real valor.
Estar ao Teu abrigo e ver real sentido
Em Tua voz, cuidado.


Joilton, Joe e Adriano

5 de janeiro de 2005

Salmo de Adoração

Como deixar de te adorar ?
Se és tú, Senhor, que faz o vento soprar.
Como deixar de te amar ?
Se sem tí, Senhor, minha vida não tem valor.
Como deixar de tí servir, Senhor ?
Se pra isso nasci e viví.
Se sem tí sou folha solta ao vento, envelhecida...
Sem rumo, desprotegida.
Como deixar de tí anunciar ?
Se sei que um amor tão grande foi feito pra se partilhar.
E sem tí sou águia sem um ninho;
Sou humano, mesquinho.
Mas em tí sou forte e amigo;
Sou rocha e abrigo
Para os que sem ti não vivem.
Pois sem tí, Senhor, nem os fortes sobrevivem.


Joe Edman e Adriano Estevam
12 de novembro de 1989


Eu e Adriano costumávamos ir pro piano da nossa igreja - a PIB de Jequié-Bahia - pra compor. Eu começava a desenhar alguma melodia que fosse interessante e o Adriano, com a Bíblia ou não, mas sempre com um pedaço de papel e uma caneta começava a pensar na letra pro que eu estava murmurando. Parecia que líamos o pensamento um do outro e em poucos instantes tínhamos uma bela música nas mãos. Aí ficavamos lapidando e lapidando até que nos dávamos por satisfeitos. Esta música é uma das tantas que fizemos assim. (Joe Edman)

3 de janeiro de 2005

Felicidade

É o que todos buscam. Uns não tem e passam a vida toda procurando mas nunca acham. Outros tem, mas não descobriram que tem e por isto continuam procurando. Outros tinham mas jogaram tudo fora e estão tentando, desesperados, achar novamente. Claro! Tem o que procurou, lutou e encontrou a felicidade e hoje vive muito bem com ela.

Existem muitos exemplos de pessoas e suas experiências com a busca pela felicidade. Todo mundo conhece dezenas de exemplos. O tipo que eu particularmente acho mais interessante de se analizar é o que a encontra, mas não fica feliz com a obtenção felicidade. Então, faz questão de jogá-la fora pra partir pra procura novamente. É como se o que o fizesse feliz fosse procurá-la, não possuí-la. É a busca que o realiza. O meio, não o fim. Quando acham ficam contentes por um tempo. Exibem-na como troféu pra todo mundo. Mas vem o dia-a-dia, e ele a tem mas não sabe bem o que fazer com ela. É quando a felicidade o torna triste e ele a joga fora pra partir em busca de uma nova. É estranho mas é bem típico do ser humano. Existem mais casos assim do que a gente possa imaginar.

Claro! Tem os que depois se arrependem de ter jogado a felicidade fora. Alguns conseguem reencontrá-la. Outros não. Acho que este deve ser o pior tipo porque ele vai ter que conviver com isto pro resto da sua vida. E isto deve doer muito. Mesmo que um dia ele ache uma nova felicidade, desta ele não vai esquecer nunca. A chances perdidas ou jogadas fora geralmente são as que mais nos atordoam os pensamentos... e os sonhos.

E quanto a mim? Quer saber de que tipo eu sou? Sou um pouco de todos... mas agora estou em busca da minha real felicidade. Aquela que não vou deixar escapar por nada neste mundo. E eu já a achei...

2 de janeiro de 2005

Novas Criações

Novas Criações era o nome de um grupo musical que participei quando era adolescente. Influenciado pelas músicas que ouvia também quis ser compositor e o grupo cantava minhas músicas.

No início todos os participantes eram também compositores e o grupo funcionava como uma espécie de ponto de encontro para mostrarmos uns aos outros as nossas "novas criações". Além de mim, inicialmente, tinha o Clarindo Júnior (que hoje mora no Rio) e o Adriano Estevam (hoje em Fortaleza), depois se juntou o Cleyton Passos (atualmente em Vila Velha), o Joilton Cruz (ainda aqui em Jequié), a Gisane Monteiro (em Salvador), a Iêda Sampaio (também aqui) e outros tantos que passaram por lá e deixaram suas marcas e lembranças.

Juntos ou separados fizemos cerca de 200 músicas. Aqui vou deixar algumas poesias destas que fazíamos juntos e que tanto nos fazia bem naquela época. Espero que você também goste.

1 de janeiro de 2005

Simbologia de um Ano Novo

Acho que 2005 marcará o ano do meu recomeço. Onde eu poderei reescrever toda minha história futura. Vou começar a faculdade de marketing. Vou iniciar meu novo sistema de controle de estoque totalmente em Firebird. Vou recomeçar minha vida sentimental da maneira correta desta vez. Nunca um ano novo significou tanto pra mim como este. Eu agradeço a Deus por esta oportunidade de recomeçar e espero que Ele esteja do meu lado me orientando para que faça tudo certo desta vez.
Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.