27 de maio de 2007

Fome

Um Homem estava sentado sozinho, assolado pela tristeza, quando todos os animais chegaram perto dele e disseram:
- Não gostamos de vê-lo tão triste. Nos peça o que quiser e você o terá.
O Homem disse:
- Quero ter uma ótima visão.
O Falcão respondeu:
- Você terá a minha.
E o Homem disse:
- Quero ser forte.
O Jaguar disse:
- Você será forte como eu.
Então o Homem disse:
- Há muito tempo quero saber os segredos da terra.
A Serpente respondeu:
- Eu os mostrarei a você.
E assim foi com todos os animais. E quando o Homem recebeu todos os dons que eles podiam dar ele foi embora.
Então a Coruja disse para os outros animais:
- Agora que o Homem sabe muito e pode fazer muitas coisas... de repente eu fiquei com medo.
O Cervo disse:
- Porque? O Homem tem tudo que precisa. Agora sua tristeza findará.
Mas a Coruja respondeu:
- Não. Eu vi um vazio no Homem, profundo como a fome, que ele nunca saciará. É isso que o deixa triste e o que o faz querer sempre mais. E ele continuará tomando e tomando... até o dia em que o Mundo lhe dirá: "Eu não existo mais e não me sobrou mais nada para te dar."

Antiga Parábola Indígena Maia

Nenhum comentário:

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.