5 de novembro de 2007

Conheci Valença



No início do mês viajei a trabalho para a cidade de Valença. O que era pra ser uma viagem de apenas um dia se transformou rapidamente em uma semana devido ao trabalho. Eu fui para fazer uma migração de dados de um sistema anterior que a empresa lá utilizava há um tempo para um novo sistema que iriamos implantar (o sistema era de Carlito da Litosoft). Acabou que o sistema a ser migrado era na verdade dois sistemas e o trabalho que parecia simples se mostrou muito mais complexo demandando dias de trabalho. Mas chega de falar de trabalho. Vamos falar da cidade.



Posso resumir Valença a uma palavra apenas: quente. Ô lugar que faz calor!!! E olha que eu moro em Jequié. Mas aqui em Jequié a sensação térmica é menor porque não é tão úmido quanto lá. É impressionante como aquele lugar é quente e úmido. Úmido e quente! Nossa! Mas esta é a parte ruim!



A parte boa é que Valença é uma cidade histórica. Cheia de casarões e sobrados. Não tem praia mas é banhada por um braço de mar. De Valença saem os barcos que vão para o Morro de São Paulo e outras tantas ilhas e locais exóticos que existem lá por perto. Mesmo a 15 kilometros de distância do mar, se beneficia muito dele.



Durante os poucos momentos de folga que tive, tentei ao maximo percorrer alguns pontos legais da cidade para fotografar. Tirei belas fotos, algumas delas estão aqui neste post.



Se pretendo visitar Valença de novo? Sim... quem sabe no inverno...

Nenhum comentário:

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.