25 de agosto de 2010

Tá Dizimado

Reproduzo aqui um email muito bem humorado que um amigo me enviou:

Caros e nobres sobrinhos, irmãos, primos, amigos and so on:

Ante a frequencia com que tenho visto e ouvido usarem "dizimar" em lugar de "entregar o dízimo", tive um branco intelectual e passei a ter dúvida se, por analogia, "sapatear" seria o mesmo que "entregar sapatos". Se for, a minha perplexidade ficará maior, pois conheço um sapateiro que teve uma perna amputada, mas, com a maior maestria do mundo, continua a entregar aos clientes todos os sapatos depois de prontos.
Em conversa com esse sapateiro, ele confessou-me que nunca se comparou ao talentoso ator Fred Astaire, mas que, antes de ter a perna amputada, era capaz de dar alguns passos interessantes. Acrescentou que após a amputação, tem sido para ele extremamente difícil sapatear. Diz que antes, quando ainda tinha as duas pernas, era bem melhor, mas agora não tem mais equilíbrio para sapatear, pois a sua tendência é cair. Esse senhor é sério, nunca foi apanhado em fraude, mas estou um pouco reticente; não seria isso uma desculpa esfarrapada, para tentar-nos convencer de que sapatear não é o mesmo que entregar sapatos ? Ele ressalva com muito orgulho, que continua a entregar com pontualidade aos seus fregueses os sapatos feitos ou reparados.
Tudo bem, acredito ser penoso ao sapateiro de uma perna só, sapatear nas condições adversas. Mas se dizimar é o mesmo que entregar o dízimo... Estou confuso, ajudem-me a elucidar isso, pelo que muito lhes agradeço.

Magno R Andrade

Gostei!

Nenhum comentário:

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.