8 de julho de 2005

6 meses

Foi quase que uma surpresa. De repente, por volta do meio-dia, o telefone toca. Iêda. "Hoje fazemos seis meses! A gente não vai comemorar?" disse ela. Puxa! Como o tempo passa! E comemoramos! Fomos almoçar juntos. E foi super-legal. Um almoço maravilhoso no Restaurante de Marlene Marinho.
Estas coisas marcam. Como ficou marcado o dia em que começamos. O dia que viajamos pra Fortaleza ou pra Salvador. Cada dia tenho uma surpresa com Dona Iêda.
Só acho que esse negócio de comemorar tudo tá é me engordando de novo. Mas isso eu vou resolver.

Nenhum comentário:

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.