11 de agosto de 2006

Segundo Tiago Vianna

Um som quebrado meio pra jazz meio pra funk. Tudo extremamente tão nítido que dava pra sentir cada instrumento como se estivesse aqui na minha frente. Foi o que senti quando ouvi "De Terceiro Grau", a primeira faixa do disco "Segundo Tiago Vianna". Ainda na loja, eu falei para o cara: "Vou levar! Nem é preciso ouvir o resto!". Já sabia que se tratava de coisa fina e então comprei na hora mesmo sem nunca ter ouvido falar dele.

Mas que som! O disco todo é brilhante. A maioria das músicas são de autoria do próprio Tiago Vianna - 6 ao todo - ou de parcerias dele com o João Alexandre numa música e com o Tiago Chiavegatti em outra. Também há uma canção de Sérgio Pimenta (nem precisa comentar), uma de Beto Tavares (este eu vou comentar mais pra frente) e outra de Mauricio Caruso, totalizando 11 faixas de pura Música Cristã Contemporânea Brasileira com letras que fazem pensar e canções trabalhadas e forradas por arranjos primorosos.

Falando nos arranjos eles são alternados por Thiago Pinheiro (1, 5 e 10), Tiago Vianna (2 e 6), Moisés Alves (3, 4, 8, 9 e 11) e Sérgio Pereira do Baixo & Voz (7). Acho legal um trabalho ter vários arranjadores porque o disco fica muito mais gostoso de ouvir. Não é sempre, mas o mesmo arranjador meio que se repete - um ato falho talvez, não sei - e o trabalho fica numa mesmisse só. O que não é o caso deste. A direção musical (Moisés Alves, Thiago Pinheiro e João Alexandre) souberam dosar isto de maneira brilhante.

Os músicos do CD foram - além do próprio Tiago, que além de cantar, toca violão muito bem - Thiago Pinheiro (percussão e teclados), Felipe Fidelis (baixo), Osmário Marinho (bateria), Maurício Caruso (guitarras), Moisés Alves (teclados), Silvio Depieri (sax), Gilson Oliveira (percussão), Sérgio Pereira (baixos), Marcelo Minicz (percussão), Paulo Signori (contra-baixo acústico) e Celso Marques (flauta). Que time! Ufa! Gravar com uma galera dessas deve ser maravilhoso!

O legal é que o Tiago não deixa a peteca cair. Além de entrecortar as canções arranjadas por diferentes músicos ele também chama pra cantar consigo duas personalidades maravilhosas. Numa canção, a Juliana Pimenta - filha do Sérgio Pimenta - que fez uma bela estréia cantando logo a música do pai "O que me faz viver". E em outra a divina Marivone - a voz do Baixo & Voz - canta "Santo dos Santos" num primoroso arranjo do Sérgio Pereira - o baixo do Baixo & Voz. As duas canções ficaram lindas.

Queria fazer um destaque aqui da canção "Santo dos Santos" composta pelo Jocumeiro Beto Tavares. Ouvi esta canção pela primeira vez em 1991 - portanto há 15 anos - quando o Biza voltou da Jocum com ela na cabeça. Cantamos ela muito por aqui, fiz arranjos vocais para um grupo daqui da minha igreja que a interpretaram num grande festival daqui e ficaram em segundo lugar. Quando o Beto Tavares veio aqui em 1993, nós pedimos autorização para gravá-la e ele - é claro - permitiu numa boa. Só que nunca a levamos pra estúdio. Quando eu ouvi esta canção neste CD eu variei entre a alegria de reencontrá-la e a tristeza de tê-la abandonado. Mas ainda vou gravar esta canção um dia... espero que o Beto ainda permita...

A voz de Tiago deixa bem claro de quem ele é um grande fã quando as vezes lembra a do João Alexandre. Acho isso normal. Quando eu cantava músicas de João Alexandre na igreja todo mundo dizia que eu cantava "igualzinho" a ele. Só que quando eu cantava canções do Jorge Camargo ou Carlos Sider ou até do Sérgio Pimenta também. Será que eu imitava? Não era intencional, juro!

Quero deixar a canção "De Terceiro Grau" aqui por ser aquela que me marcou quando ouvi o CD pela primeira vez. No encarte do CD o Tiago fala desta canção:

"A gente gosta de viver em perigo... É como se a qualquer momento tudo pudesse ir pelos ares! É tempo de se encontrar com Deus e sair de situações que colocam nossas vidas em risco!"

Muito legal esta maneira de enquadrar a questão sem utilizar "teologismos" ou "dialetos evangélicos", o chamado "evangeliquês".

De Terceiro Grau
Tiago Vianna

O que essa gente espera
Ao mesmo tempo despreza
Vê, se isola, desespera
Porque não pode apagar
Com as mãos este incêncio!

Bem à sua volta
Paixão e revolta
Puro gás à espreita do fogo acender
Tudo pelos ares em um só minuto

Queimadura de primeiro grau
Tem como ser tratada a tempo
Queimadura de segundo grau
Mais difícil, mas há tempo
Queimadura de terceiro grau
Não sabe se vai ficar
Curado por inteiro

Dessa impaciência, pura indigência
Truque, fantasia, passa-tempo fútil
Tudo pelos ares em um só minuto...
Vem pra perto de Mim!
É nesta direção que eu acho que a música cristã deve seguir. Com estilo, arte e muita criatividade. Fazendo o consumidor de música pensar. Chega de dar tudo mastigado gente! É hora de refletir! Espero que tenham gostado!

Aí está a lista das canções do álbum:

1. De Terceiro Grau (Tiago Vianna)
2. Fico Com Você (Tiago Vianna)
3. Ainda Chorar (Tiago Vianna)
4. O Que Me Faz Viver (Sérgio Pimenta)
5. Ato Falho (Tiago Vianna)
6. E Quem Não Quer (Tiago Vianna e João Alexandre/Tiago Vianna)
7. Santo dos Santos (Beto Tavares)
8. Pra Onde Ir (Tiago Vianna)
9. Visitação (Tiago Chiavegatti/Tiago Vianna)
10. Renovação (Tiago Vianna)
11. Quando Vier o Dia (Tiago Vianna)

Quem quiser comprar este disco basta ir lá na loja Edificai ou simplesmente ir direto pra página deste CD. Visite também o site do Tiago Vianna.

2 comentários:

Ieda Sampaio disse...

Fico orgulhosa de vc por essas resenhas. São muito interessantes e justas: pouco se fala no Brasil da boa música... Pelo menos pouco se ouve. Rs.

sergioemarivone disse...

Trabalhar com o Tiago é sempre um prazer: ao vivo, gravando... Espero contar com ele no nosso próximo CD do Baixo & Voz que deve sair em 2008.

Agradeço ao Joe pelas palavras sobre nosso trabalho de arranjo e gravação na "Santo dos Santos". Valeu mano!

Sérgio Pereira - www.baixoevoz.com.br

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.