7 de dezembro de 2006

Inusitado


Até há pouco estava irritado, completamente sem paz. Algumas coisas aconteceram durante a manhã que me deixaram muito mal. Talvez uma soma de várias coisas que atualmente permeiam meu coração que não o deixam em paz. Realmente não tava legal.

Eis que algo acontece. Estava aqui no PC trabalhando (pelo menos tentando) quando vem da minha sala um som maravilhoso de uma harpa sendo maestralmente tocada. Mas não era o CD de canções de Natal que nesta época teima em ser o "hit parade" que perfura nosso célebro. Era uma enorme harpa de verdade sendo tocada na minha sala. Pena não estar com uma máquina aqui pra registrar isto.

Durante mais de 1 hora, depois do almoço, aquele Sr. tocou - e ainda está tocando enquanto digito isto - várias canções que conheço e que foram o "sound track" da minha infância nas igrejas batistas por onde passei por este Brasil.

E como Davi vez a Saul, eu fiquei aqui do meu quarto sendo acalentado; absorto naquelas canções instrumentais que me amoleceram por inteiro e me devolveram a calma, a paz de espírito e o sorrizo.

Há algo na Harpa... e nas canções cristãs... dá pra sentir Deus aqui... entendo porque ele - Saul - não deixava Davi ir embora.

Nenhum comentário:

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.