1 de dezembro de 2005

Acesso Discado em 2005?

Estava ontem dando manutenção em um cliente e tive que acessar a internet discada pelo computador dele e relembrando os velhos tempos de internet discada com modem e tudo mais. Não é uma época que eu tenho saudades, muito pelo contrário. Não quero voltar a ter somente este tipo de acesso nunca mais. É terrível.

Isso me faz refletir em como nos acostumamos tão rápido a coisas boas e nos esquecemos tão mais rapidamente ainda das antigas formas ou das coisas não tão boas do passado. Outro dia estava em minha casa no meu notebook acessando a internet por banda larga e reclamando que tava lento. É tão fácil assimilar as coisas boas que quando voltamos - mesmo por um momento - ao que tínhamos e que antes achávamos o máximo, nos sentimos totalmente deslocados.

Quem quer mais...
  • ouvir um LP
  • usar um celular daqueles enormes que parecem um tijolo
  • andar a pé depois que compra um carro
  • voltar a usar um monitor de 14 ou 15 polegadas depois dos de 17
  • voltar a usar um monitor de tubo depois que passa a usar um LCD ou de plasma
  • assistir televisão preto e branco
  • assistir um filme em VHS
  • walkman de fita cassete
  • escrever uma carta e enviar pelo correio
  • máquina fotográfica de filme
  • mouse com bolinha
  • programar em Clipper
  • sair pra bater um papo com os amigos na praça
  • _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

Neste último espaço aí, simbolicamente, inclua os teus antigos costumes que mudaram com a evolução da tecnologia. Simbolicamente, porque na verdade eu espero é que você escreva aí nos comentários.

A idéia mais forte que tiro disso é que nós usamos o presente e o abandonamos sob o nome de passado. Nós aproveitamos - ou não - tanto assim o presente (a benção) que o presente (o tempo atual) é pra nós ou só o utilizamos temporariamente e jogamos fora sem que nada deste presente continue presente (existindo) em nós no futuro? Tá aí a minha divagação de hoje... tudo a ver até com o nome deste blog que significa justamente isso... o tempo passa... aproveite...

Nenhum comentário:

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.