31 de dezembro de 2005

Balanço 2005

Resolvi fazer aqui um balanço mês a mês deste ano de 2005 que me foi tão bom.

Janeiro: Início de namoro com Iêda, e que início! Muitos filmes juntos, muito namoro, muita conversa, viajamos a Itapetinga para o casamento de um amigo. Janeiro é um mês que é geralmente parado e realmente foi, mas preenchi com muita leitura e muita coisa boa. Janeiro foi muito bom.

Fevereiro: Foi bastante calmo. Os clientes costumam sumir a partir da semana do natal e só reaparecem em março. Pra onde é que eles vão? Quem sabe... Aproveitei pra tentar colocar em dia alguns sistemas que faltava entregar. O sistema do cartório foi um dos que terminei neste mês. Também iniciaram as aulas da minha faculdade de marketing, a UNOPAR. Giullia ficou comigo quase o mes todo... Eu e Iêda sempre juntos... fevereiro foi muito bom.

Março: Foi inesquecível. Viajamos eu e Iêda para Fortaleza em companhia de Adriano e Carmem. Ficamos com eles na base da Jocum durante quase o mês todo. Conhecemos aquilo lá quase tudo. Eles nos alugaram um carro e assim pudemos passear muito. As vezes até sozinhos rodavamos Fortaleza toda. O resultado da viajem foram quase uma centena de fotos que aos poucos estou colocando lá no meu Flickr. Março foi excelente.

Abril: Ai começou praticamente o ano. Fim de férias. Retorno à faculdade. Muita coisa pra colocar em dia. Começa o corre-corre. Sem tempo pra nada. Ganhei minha primeira pendrive (Adriano). Em abril eu contatei o Jorge Camargo e fechamos pra desenvolver o site dele e isso muito me alegrou. Fiquei um pouco deprê e isso não foi legal... mas acontece sempre no mês do meu aniversário. Ganhei muitos presentes. Ví rapidamente o Jr. Boca... grande amigo. Apesar da trabalheira louca, abril foi um bom mês.

Maio: O mês começou com o aniversário de 3 anos da minha filha (veja no Flickr algumas fotos). Também foi um mês muito agitado de trabalho. Se não me engano eu e Iêda viajamos pra Salvador e ficamos entre as casas de Marquinhos (um reencontro de um grande amigo de adolescência) e Iône. Fomos ver o Episódio 3 de Star Wars que eu tava louco pra assistir (vimos 2 vezes por sinal) e nos divertimos muito. Foi um providencial parêntesis para dar uma diminuída na correria daquela época. Maio foi muito bom.

Junho: Festas juninas. Acho que foi a melhor festa junina que já vivi. Nunca tinha curtido esta época como curti junto da família de Iêda. Marquinhos e Iône vieram com as famílias inteiras e eu acabei foi na cozinha fazendo pirão de leite, tapiocas recheadas e outras coisas maravilhosas pra todo aquele povo. Não esqueço nunca do delicioso licor de chocolate que não deu pra quem queria... Giullia também curtiu muito tudo aquilo. Junho foi ótimo.

Julho: De volta ao trabalho. Passei o mês fazendo alterações no sistema de gestão de congressos para levar pra a Convenção Batista Brasileira que ocorreu durante uma semana lá em Itapetinga. Este mês foi todo voltado pra isso. A estada lá foi muito boa. Lá eu conheci o trabalho musical do Silvestre Kullman, do Roberto Diamanso, da Priscila Barreto, do Tiago Vianna e de muitos outros. Lá eu conheci pessoalmente o Senador Magno Malta (que político... ah se todos os outros fossem assim...) e o deputado Walter Pinheiro (esse é da Bahia... e se tava com o Magno é porque também é de confiança). Também passei com boas notas na faculdade. Julho foi muito bom.

Agosto: Mês da mocidade nas nossas igrejas batistas (PIB, a minha e Sião, a de Iêda). Na minha eu não participei em nada. Na verdade durante o ano de 2005 inteiro eu só fui na Igreja Batista Sião. Foi minha primeira apresentação em anos. Cheguei a cantar lá pelo menos umas três vezes durante todo o mês de agosto. Fora a igreja... trabalho... quase não tinha tempo pra mais nada. Na faculdade... tive que trancar por falta de grana. Mas em 2006 eu volto. Agosto foi bom.

Setembro: Foi um mês normal. Com muita correria e muito trabalho. Tivemos nossas primeiras briguinhas de namoro... coisa normal... Jr. Boca veio do Rio e passou um pouco das férias por aqui... conversamos muito. Rodamos muito pela cidade. Foi com ele que furei carter do meu carro... foi um baita prejú de R$ 400... mas foi tudo na paz... aproveitei e coloquei também uma chapa de proteção pro motor. Nesse mês também eu conheci a famosa cachoeira da Frisuba com Iêda... um lugar tão pertinho e que eu nunca tinha me disposto a conhecer. Setembro foi bom.

Outubro: Começou com o aniversário de Iêda. Eu e Giullia minha filha fizemos umas surpresas pra ela e demos vários presentes. Depois a coisa seguiu o curso normal de trabalho. Neste mês eu comecei a estudar os padrões web e abrir minha cabeça pra todo esse novo conceito de desenvolvimento de páginas sem tabelas e com o layout todo em um arquivo de estilos. Um monte de novidades legais pra estudar. Aproveitei e fiz o projeto do site do Jorge Camargo todo já aplicando estes novos conceitos. Vendi o CD Player do carro pra comprar outro e até agora não comprei foi nada. Votei SIM no referendo. Comprei um iPod Shufle. Outubro foi muito bom.

Novembro: À estas alturas já ficamos um pouco mais estressados e já sentia a necessidade de dar uma relaxada na praia. Aproveitamos o final de semana prolongado do feriado da Proclamação da República e viajamos para Serra Grande. Fomos eu, Iêda, Giullia, Tote, Rute e Raquelzinha. No meu Fiat Tipo 2.0 SLX 95 recém saído da oficina. Meu carro bebe que é uma maravilha e eu nunca tinha dirigido em estrada, mas isso não nos impediu de irmos. Tudo correu bem. Reencontrei um grande amigo de infância lá em Ilhéus... o Elias... foi muito legal. A volta de lá é que foi... bom... um dia eu conto aqui o que houve. Novembro foi muito bom.

Dezembro: Este mês foi de muito trabalho. Nesse mês eu fui muito filosófico... não sei porquê. Ganhei minha segunda pendrive (Carlito). No meio do mês eu viajei com Carlito para Barra da Estiva (veja o post). E a partir do dia 20 eu virei sonoplasta do Coral de Jovens da Igreja Batista Sião, o que me fez viajar com eles para o Entroncamento de Jaguaquara, depois para Lafaiete Coutinho e quase houve uma terceira viajem para Itiruçu mas o ônibus atrazou. Apesar de resistir no começo acabei gostando de estar por ali e participar de algo novamente. Também fiquei mais tempo com minha filha... na hora de levar ela pra mãe eu fiquei tão triste... Finalmente encerrei o ano em Serra Grande esse lugar que repôe minhas energias. Como estou aqui em Serra Grande ainda, depois eu digo aqui como foi a viagem. Mas... dezembro foi muito bom.

E a média? Bom. Olhando assim pra traz eu posso dizer que foi o ano mais intenso de minha vida desde que eu tinha 20 anos. Me senti vivo novamente... amando novamente... humano novamente... 2005 foi maravilhoso!

E o seu?

Um comentário:

Ieda Sampaio disse...

Estive o ano inteiro acompanhada por um homem imenso, rico, cheio de vida e alegria, criativo e bem humorado. Li muito, vi muitos filmes, música nova, comidinha gostosa. Intercambiamos coisas maravilhosas e... foi o melhor ano de minha vida!

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.