5 de março de 2006

Canção de Pedro

O Adriano sempre diz que gosta desta letra e que acha que a fez quando estava dormindo. Se ele fez isso quando dormia eu posso afirmar que ele tem um sono muito lúcido. Criar uma letra que tenta passar uma história em primeira pessoa - e que não soe estranha - é muito difícil. Mas aqui ele conseguiu.

É uma maneira muito própria de falar da Graça:
Canção de Pedro

Ainda me lembro quando vieste aqui,
Sentaste a mesa e partiste o pão,
Dizendo coisas que eu não entendia, e dizia "não"...
E fiz promessas de jamais faltar,
Andar contigo, te acompanhar;
Mas quando foste ao monte em meu lugar,
o primeiro fui a te negar...

Ainda me lembro... o tom da Tua voz,
Quando lavaste aos pés de todos nós,
E o teu olhar dizia que um dia eu ia entender;
Mas não podia nem imaginar,
O sofrimento que te vi passar
Quando subiste ao monte em meu lugar,
Mesmo sem merecer...

E hoje aqui, Tu vens a me dizer
Que nada importa tudo o que passou;
E me convidas a andar contigo,
Me aceitas como sou...
Se o Teu rebanho vens me confiar,
Tudo o que tenho quero te entregar
A minha vida é tua:
Nunca mais eu quero te deixar...

Letra: Adriano Estevam
Música: Adriano Estevam e Joe Edman

25 de julho de 1996
O ruim é que não dá - pelo menos por enquanto - pra deixar aqui a música pra vocês ouvirem. Assim que for possível eu irei disponibilizar isto. Até lá... espero que analizem esta letra.

Nenhum comentário:

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.