13 de junho de 2008

Vulcão

Quero compor uma canção
Mas me recuso
Como fosse impossível
E continuo desesperadamente
Vezes sussurro algo que soa bem
Vezes escrevo linhas
Tento e não consigo
O cérebro fervilhando idéias
Sem colocar no papel
Minha mente quer escrever
Minha mão não
Ainda não é hora
Não deve ser
Quando for hora
Não vou mais parar
Sento e aguardo
Pacientemente ansioso
Enquanto faço outras coisas
Para não tornar vazia
Minha vida sem poesia

Nenhum comentário:

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.