24 de dezembro de 2004

Natal do Capital

O Natal como uma época de relembrarmos e celebrarmos o nascimento de Jesus já não é mais guardado há muito tempo. O que vemos hoje é uma verdadeira festa tão mundana quanto o Carnaval ou o São João onde o que se mostra em toda mídia é como o comércio está vendendo como nunca, que as pessoas tem (note o tom de imposição) que comprar presentes para toda a família senão... senão o que todos vão pensar?

Com certeza vão pensar que você não tem o "espírito do natal", da fraternidade, do amor ao próximo, do despreendimento material e blá blá blá! Pura besteira. Sou contra esta cultura imposta com fins puramente comerciais. Eu até concordo e compreendo que a vida e o emprego de milhares de pessoas dependa diretamente até durante o ano todo apenas desta festa. Entendo que o Natal hoje move uma imensa roda de dinheiro que se parar pode ser um desastre para nosso país e até para o mundo.

Você até pode pensar que isso é desculpa de quem não tem dinheiro ou não quer gastá-lo com inúmeros cartões e presentes para um monte de gente. Pode ser, porque dinheiro pra isso eu mesmo não tenho agora não. Mas saiba que não é isso. Mesmo com muito dinheiro eu não iria me render a esta chama capitalista que visa apenas fazer nosso dinheiro girar aquela imensa roda.

Mas mesmo sem ter dinheiro eu tive que me render... pelo menos um pouco... comprei um presente pra minha filha... mas só porque eu sou um pai babão.. e me rendo agora pra desejar a quem está lendo isso agora um bom Natal...

...mas um Natal consciente de que o que se deve comemorar realmente é o nascimento de Cristo Jesus! Não diria nem comemorar... mas relembrar e agradecer a Deus por nos ter dado Seu único filho por nós.

Nenhum comentário:

Os comentários aqui postados podem ser citados desde que se mencione junto o autor - no caso eu - e se coloque junto um link para este site ou o permalink para a página de postagem correspondente.